segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

DICAS DE ETIQUETA PARA VISITAR RECÉM-NASCIDO

Os familiares se alegram com a chegada do novo bebê na família porém, o que muitos não entendem é que as primeiras semanas é um período complicado de adaptação para a mamãe e o bebê a nova rotina. E rebeber visitas diariamente é muito cansativo não só para a mamãe e o papai como também para o bebê que cada hora está nos braços de alguém.

Com essas dicas tenho certeza que além de te ajudar, você não vai cometer nenhuma gafe!


Por experiência própria confesso que fiquei bem estressada nos primeiros dias do nascimento do meu filho Caleb. Meu  parto foi normal super tranqüilo graças a Deus mas, tivemos que ficar no hospital durante três dias pois o Caleb tinha nascido antes do tempo, ele é tão apressadinho que nasceu três semanas antes do previsto rsrsrs, e devido a isso estava com baixo peso e os médicos queriam observá-lo. 


Fiquei estressada por alguns motivos:


  •  Os primeiros dias de amamentação foram super estressantes, primeiro porque meu leite levou três dias para aparecer, isso já deixa qualquer mãe estressada e você ainda ter que ouvir das pessoas que você não tem leite é um saco! O Caleb era muito novinho e ainda não sabia sugar e mamar no peito. Agora o pior de tudo mesmo é você querer amamentar seu filho em paz, e várias pessoas em volta, bem cima de vocês olhando, tudo bem que todos ficam curiosos para verem aquele momento mas,  é super constrangedor você ficar mostrando os seios para todo mundo ver né. Por isso acho que as pessoas tem que desconfiar e saber que este momento é da mãe e do bebê e de mais ninguém.



  •  Médicos e pediatras  entravam no quarto várias vezes ao dia. (para me examinar e examinar o Caleb). Tudo bem que eles tinham que fazer isso mais as vezes incomodava.







DICAS

  • Evite fazer visitas no dia do nascimento do bebê, principalmente se o parto tiver sido cesárea. Os médicos pedem a mãe para falar somente o necessário durante as próximas 12 horas, para evitar ter dores onde foi feito o corte e gases. Visitas no dia do parto só se você for muito íntimo do casal e tiver certeza que eles estão á vontade para receber visitas, no caso os familiares, avôs e tios do bebê.

  • Se você é amigo(a) do casal e quer visitá-los, vá a maternidade e faça uma visita curta de aproximadamente 15 minutos. Não vá a casa do recém nascido antes que ele complete um mês.

  • Pergunte para a mãe se ela quer receber visitas.

  • Ligue antes para marcar o dia e o horário da visita, não chegue de surpresa.

  • Jamais faça uma visita se estiver doente, seja um simples resfriado ou uma tosse. Não vá! O sistema imunológico de um bebê é muito sensível e pode se contaminar com facilidade. Ficar de longe ou não carregar o bebê não resolve já que algumas doenças são transmitidas pelo ar.

  • Não leve de presente chocolates e doces. Durante a gravidez e no período de amamentação os pediatras pedem para as mamães evitarem de comer doces, cafeína, açúcares refinados e principalmente chocolates pois, alguns bebês sofrem de cólicas nos três primeiros meses e ás vezes a causa pode ser a alimentação da mãe. Então já sabe, esqueça os doces e chocolates para presentear a nova mamãe leve algum presente para o bebê.

  • Não beije o recém- nascido, eu sei que é extremamente difícil pois, ninguém resiste a um cheirinho gostoso de bebê novinho mas não pode beijar.

  • Não vá todo afobado para pegar o bebê, muitas mães não gostam de entregar seu bebê a outra pessoa. Por isso não peça para pegar, espere a mãe oferecer e se ela não o fizer, contenha-se.

  • Lave as mãos, muitas pessoas se ofendem quando os pais do bebê pedem para lavar as mãos, não entendo porque as pessoas não gostam quando pedimos. É tão simples os bebês ainda não tem imunidade suficiente por isso é necessário que lave as mãos e os braços até a altura dos cotovelos. Isso diminui o risco de contaminação por vírus e bactérias. Se você não quer lavar as mãos para pegar no bebê, então nem chegue perto dele. Infelizmente tem muitas pessoas que não tem noção chegam da rua com as mãos sujas, pegam em animais e depois querem pegar o bebê, nesse caso se a pessoa não desconfiar o ideal é os pais do bebê falarem. Peça com delicadeza para a pessoa lavar as mãos.

  • Os primeiros dias de amamentação não são nada fáceis, é tudo novo para a mãe e para o bebê, ambos estão aprendendo juntos, sem contar nas mães que como eu sofreram com rachaduras no primeiro mês. Muitas mães assim como eu sentem-se constrangidas neste momento, não é todo mundo que tem a coragem de ficar com os seios á mostra para amamentar. Portanto seja discreto saia do local para deixar a mãe e o bebê a vontades ou se caso ela opte por retirar-se para amamentar. As únicas pessoas que eu queria perto de mim quando estava amamentando era meu esposo e minha mãe.

  • Se você é amiga ou prima do casal ou da mamãe, na hora de visitá-los evite levar o seu namorado. Homens em visita, só os mais chegados. Pode ser muito constrangedor para a mãe na hora de amamentar ou até mesmo quando a visita é na maternidade os trajes de hospital também deixa a mãe constrangida.

  • Não acenda luz forte.

  • Não leve muitas pessoas para visitar o bebê.

  • Não fale alto. Fale baixo e pouco, muita conversa ao redor do bebê pode deixá-lo irritado ou até mesmo acordá-lo.

  • Seja breve, faça visitas curtas. Conheça o bebê, converse um pouco e deixe as visitas longas para quando o bebê estiver maior.

  • Meça suas palavras, se tem uma coisa inconveniente são pessoas que ficam fazendo críticas negativas á mãe ou ao bebê. Se o bebê não está amamentando ainda direito porque não aprendeu, não fique dizendo á mãe que é porque ela não tem leite. Ou criticando a aparência  dela (que está inchada, ou acima do peso), . Evite também dar palpites quanto aos cuidados do bebê, querendo ensinar como segurar, como pegar, como arrotar, ainda mais se for mãe de primeira viagem. Isso é chato! a  não ser que sua opinião seja solicitada. 


  • Não leve crianças para a visita na maternidade e em casa no primeiro mês do bebê. Se for o caso ligue antes para perguntar se pode levar. Mas o ideal é não levar pois crianças podem vir a causar tumultos como gritar, ficar correndo e chorando. Outro detalhe importante são as doenças que crianças estão suscetíveis a ter como: catapora, caxumba, gripe, coqueluche, rubéola e sarampo comuns na infância.

  • Não fume. Isso vale também para antes da visita, as substâncias do cigarro ficam impregnadas nas mãos e em roupas dos fumantes  e esses resíduos são tão prejudiciais quanto a própria fumaça. O contato do bebê com este material tóxico pode resultar em uma pneumonia aguda, bronquite, rinite e otite. Então já sabe se você é fumante e vai visitar um recém- nascido nada de fumar antes e dentro do ambiente.

  • Tenha bom senso, geralmente as lembrancinhas dadas na maternidade pelos pais do bebê a quem os visita, são lembranças com números contados, os pais não costumam fazer muitas pois, não são muitas pessoas que visitam o recém- nascido na maternidade. Portanto pegue apenas uma lembrança e não pegue mais de uma dizendo que é para aqueles que não puderam ir visitar.

  • Evite aglomeração em volta do bebê, organize as visitas.

  • Não tire fotos com flash, os olhinhos do bebê são extremamente sensíveis, sem contar que o flash pode acordar ou assustar o bebê.



  • Se você não é da família, é um amigo do casal, espere algum tempo para visitar o bebê. Na minha opinião a partir de 2 ou 3 meses que é quando o recém-nascido começa a ter imunidade por cauda das vacinas.






Nesta foto o Caleb estava com 25 dias. Que lindeza da mamãe!













2 comentários:

  1. Muito boas as dicas...
    Agora, eu prefiro visita no hospital... a gente não é obrigada a fazer sala... hehehehe....
    E, também prefiro a visita no primeiro mês... a gente ainda tá preparada... porque eu deixei tudo, tudo preparado pra receber no primeiro mês. Aí, tudo tranquilo...
    Agora, os famosos palpites... esses são tensos...
    No meu primeiro filho, só recebi duas visitas inconvenientes: uma no hospital (não me deixou jantar) e uma em casa, vieram umas 10 pessoas de uma vez e deram milhões de palpites... aff

    ResponderExcluir
  2. Verdade flor também prefiro visitar no hospital, dá uma passada rapidinha e não incomoda muito a mamãe e o bebê né?

    Pois é nem temos condições de fazer sala no hospital, ficamos tão cansadas depois do parto. Eu só queria dormir. rsrss.

    Nossa eu detesto os palpites... Como me irritavam. aff

    Que isso gente a pessoa não deixo você jantar, como assim? rsrs inconveniente mesmo. Nossa que absurdo 10 pessoas na sua casa te visitando, deve ter sido bem estressante né?

    Bjkas.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...